seguro de carros classicos baratos vale a pena 2022

As seguradoras formulam propostas muito articuladas e vantajosas para oferecer aos clientes, mas é necessário entendê-los completamente para escolher a melhor apólice de RESPONSABILIDADE para o seu carro. Vamos ver algumas dicas que podem ajudar na escolha da cobertura do seguro.

Dicas para escolher o seguro do carro

Quando você tem que identificar o melhor seguro de carro para levar para o seu veículo, é aconselhável avaliar cuidadosamente todas as soluções possíveis disponíveis no mercado, a fim de ter uma visão geral completa de suas opções e escolher, com calma, a melhor proposta para suas necessidades.

Ao escolher um novo seguro de carro é aconselhável levar em conta diferentes aspectos de uma apólice e analisar todos os detalhes relacionados à cobertura que oferece.

Aqui estão 5 dicas sobre o que avaliar ao escolher um seguro de carro.

Analise a relação qualidade/preço, não apenas o preço

Optar por ativar um seguro de carro só porque é a solução disponível com o menor preço de todos os tempos é uma opção válida, mas incompleta, pois deve ser acompanhada de uma análise precisa e cuidadosa da relação “qualidade/preço” da própria apólice.

É, de fato, muito importante considerar quais coberturas estão incluídas na política do carro em consideração e verificar quaisquer limitações ou restrições que possam, de alguma forma, justificar o preço mais baixo.

O custo é um fator muito importante na escolha de uma apólice de carro, mas, é importante reiterar, não é o único fator a considerar.

Capas de acessórios: uma escolha importante

Como regra geral, um seguro de carro consiste em vários tipos de cobertura. Todas as apólices incluem o seguro RC Auto, a cobertura obrigatória para poder circular em vias públicas com seu próprio veículo.

A RC Auto é ladeada por uma ampla gama de tampas acessórias que aumentam a proteção das pessoas, tanto do motorista quanto de qualquer passageiro presente, e do

próprio veículo, oferecendo compensação em caso de danos de vários tipos.

Ao escolher uma apólice de carro, é essencial avaliar cuidadosamente a cobertura do acessório a ser acompanhada pelo RC Auto.

A adição dessas coberturas leva a um aumento no custo da apólice do carro, mas ao mesmo tempo representa um aspecto essencial para maximizar o valor do seguro, em relação às suas necessidades.

Para proteger o veículo, por exemplo, em muitos casos, a opção Kasko é adicionada à política do carro, enquanto para garantir a proteção contra quaisquer lesões relacionadas a acidentes de trânsito, muitas vezes é aconselhável adicionar o Dano à opção do motorista. Da mesma forma, é aconselhável adicionar a cobertura de Assistência à Beira-Estrada para obter, gratuitamente, assistência em caso de dano ou mau funcionamento do seu carro.

A escolha das garantias acessórias para acompanhar a apólice do carro é um dos aspectos mais importantes na

avaliação da conveniência de um seguro. É sempre aconselhável levar todo o tempo que você precisa para avaliar cuidadosamente qual cobertura adicionar à sua política de carro.

Compare carros RC e salve OBTER UMA COTAÇÃO AGORA

Teto e dedutível: preste atenção a esses valores

Além do preço de um seguro de carro, também é importante considerar outros aspectos de uma apólice. Em particular, antes de prosseguir com a escolha final, fatores como o teto e a dedução devem ser avaliados.

O teto é o valor máximo que uma seguradora irá compensar em caso de acidente. A legislação em vigor esclarece o valor mínimo do teto que pode aumentar dependendo das escolhas da empresa que fornece a cobertura do seguro.

Um prêmio de seguro caracterizado por um valor ligeiramente maior poderia estar vinculado, de fato, à presença de um teto superior ao valor mínimo estabelecido por lei. Em geral, um teto mais alto significa maior proteção para o segurado.

Outro fator a considerar ao escolher o melhor seguro de carro é a dedutível. Quando uma apólice de carro prevê uma franquia, você tem que ter muito cuidado para analisar suas características.

A presença de uma franquia, por exemplo de 1000 Euros, implica que a empresa não responderá a danos que não excedam esse valor. Também é importante ressaltar que em uma política de carro é possível identificar uma dedução relativa ou uma dedução absoluta.

Por exemplo, em caso de dano de 2.000 Euros, a presença de uma dedução relativa de 1.000 Euros implica que a empresa fornecerá compensação total por todo o valor.

Também em caso de dano de 2.000 Euros, a presença de uma dedução absoluta de 1.000 Euros implica que a empresa fornecerá compensação apenas pelo valor excedente, ou 1.000 Euros, enquanto a parte restante será suportada pelo segurado.

Os valores do teto e da dedução afetam fortemente o custo real de uma apólice de carro. A presença de um teto muito alto ou baixas dedutíveis representam vantagens

consideráveis para o segurado, mas podem ser acompanhadas de um aumento no custo real da apólice. É, portanto, importante avaliar cuidadosamente esses aspectos para ter certeza de ir e tirar o seguro do carro que melhor se adequa às suas necessidades.

Cláusulas a serem levadas em conta: recurso e exclusão

Outro aspecto a ser em conta na assinatura de uma apólice de carro são as cláusulas de exclusão e recurso que são esclarecidas nas condições contratuais.

Essas cláusulas são, de fato, para limitar a cobertura do risco e, portanto, as possibilidades de compensação em caso de acidente.

Normalmente, as cláusulas de exclusão e recurso dizem respeito a casos de acidentes causados pelo motorista em estado de embriaguez, sem carteira de habilitação válida ou sob influência de substâncias entorpecentes.

Preste atenção às fórmulas de condução de uma política de carro

No momento da assinatura de uma apólice de carro, a empresa oferece ao segurado uma fórmula específica de

condução que, em alguns casos, permite obter economia no prêmio, adicionando limitações significativas relacionadas ao uso do veículo.

Por exemplo, as apólices com a fórmula de Condução Livre permitem que o veículo segurado seja conduzido por qualquer pessoa, sem restrições de idade. Em caso de acidente de trânsito, o seguro terá que providenciar o reembolso (quando vencido).

Muitas políticas, por outro lado, incluem a fórmula do Expert Guide que oferece um desconto sobre o valor total, inserindo limites relacionados ao motorista. Por exemplo, com esta fórmula apenas pessoas com alguma experiência de condução ou que se enquadram em uma faixa etária específica poderão dirigir o veículo.

Normalmente, com a condução especializada é concedida a possibilidade de dirigir o veículo apenas para motoristas que obtiveram licença por pelo menos 2 anos e que atingiram a idade de 26 anos (algumas empresas reduzem o limite de idade para 23, enquanto outras elevam para 28).

Caso você assine uma apólice de carro com a Formula Expert Driving e o veículo esteja envolvido em um acidente de trânsito ao dirigir há um motorista que não respeita os limites da fórmula (por exemplo, um novo motorista de 20 anos), a empresa pode exercer o direito de recorrer e pedir ao segurado todo ou parte dos danos pagos.

Destaca-se também a possibilidade de condução exclusiva que prevê que o veículo possa ser conduzido por um único motorista. Esta opção permite reduzir ainda mais o prêmio da apólice, mas claramente vai inserir um limite muito significativo para o uso do veículo.